Cárie de mamadeira


A cárie de mamadeira, hoje chamada de CPI – Cárie Precoce na Infância são lesões de cáries diagnosticadas nos dentes de leite de bebês e crianças até cinco anos de idade. Esse tipo de cárie tem uma evolução rápida, com grande sensibilidade (dor) e bastante destruição coronária em curto período de tempo.

A doença ganhou este nome devido a grande relação com a mamadeira que a criança toma antes de dormir. Muitos pais costumam dar a mamadeira, ou qualquer outro líquido açucarado para as crianças antes de dormir e se esquecem de fazer com que a criança escove os dentes logo em seguida.

Este esquecimento é o que faz com que a cárie se desenvolva muito rapidamente, causando grandes estragos nos dentes das crianças, pois o leite, ou qualquer outro líquido açucarado fica estagnado na boca da criança e a salivação diminui bastante durante o sono, então a boca se torna um ambiente perfeito para a proliferação de bactérias. Mesmo que a criança tenha tomado apenas um copo de leite, a higienização da boca deve ser realizada sempre.

Logo que o dente de leite começa a nascer, a criança já pode desenvolver lesões de cárie. E caso não seja diagnosticada logo no início, ela ataca a estrutura dura (mineral) do dente de leite, depois a polpa, onde se encontram os nervos e vasos sanguíneos.

A cárie de mamadeira, quando em estágio avançado, prejudica a alimentação, a fonética e a estética da criança, podendo levar à perda precoce dos dentes de leite. Mas qual o problema em perder os dentes de leite tão rápido? Os dentes de leite são a base para o posicionamento dos dentes permanentes. E se esta base não existir, toda a estrutura dos dentes permanentes pode ser comprometida.

A causa da cárie de mamadeira está relacionada à ingestão frequente de líquidos açucarados (leite materno, leite de vaca, leite com achocolatado, suco, água de coco, etc.), chupeta com mel ou açúcar, ou seja, qualquer ingestão de açúcar, por longos períodos e principalmente durante a noite.



Para identificar a cárie de mamadeira é preciso ficar atento ao sinal de manchas esbranquiçadas, próximas à gengiva, difíceis de detectar. A criança não apresenta sintomas nesta primeira fase, mas ao longo do tempo sem tratamento, surgem os sintomas como a dor de dente.

As manchas brancas podem ser tratadas com aplicações de flúor e a mudança no hábito alimentar e higiene bucal.



Já quando a lesão estiver mais avançada, o tratamento será mais complexo, envolvendo desde a remoção da cárie e obturação, tratamento de canal, até a remoção precoce do dente de leite. Por isso se faz tão importante uma visita ao dentista já no surgimento do primeiro dentinho.

Para prevenir a cárie de mamadeira basta seguir algumas dicas, como:

- Evite dar qualquer líquido açucarado (como leite materno, suco, chá, etc.) no meio da noite. Caso não seja possível, faça a escovação logo após a ingestão do líquido.
- Escove os dentes da criança antes de dormir, mesmo que ela não tenha ingerido nenhum líquido açucarado.
- Evite mergulhar chupetas em mel, açúcar ou qualquer tipo de líquido açucarado.
- Não deixe a mamadeira ou copinho na mão da criança para evitar que ela fique o dia todo bebericando.
- Evite adicionar açúcar em qualquer bebida ou alimento para a criança
- Visite um odontopediatra logo que surgirem os primeiros dentes de leite da criança.

Os hábitos de higiene bucal desde cedo garantem uma boca saudável. E a orientação é realizar a limpeza da boca após cada mamada, seja ela no peito ou na mamadeira.

Em bebês que ainda não nasceram os dentes de leite, é indicada a limpeza com gaze ou fralda embebida em água filtrada. Em crianças que já possuem dentes de leite, é indicada a escovação do dente com escovas de cerdas macias, sempre se lembrando de escovar também a língua da criança.

Investir na prevenção, orientar a dieta e a higiene ao seu paciente é o melhor tratamento. Portanto, a visita ao odontopediatra deve acontecer a cada seis meses para tratamento preventivo como aplicação de flúor e orientação aos pais.


Entre em contato com a ClínicaOdontológica Studio Sorriso e agende já sua consulta. (31) 3291 - 3705

Compartilhar:

    Comentários

0 comentários:

Postar um comentário